EDUCAÇÃO POSITIVA.

Atualizado: Ago 11


Educação, filho, criança, educação positiva
Imagem ilustrativa.

Muito se fala sobre a educação positiva. Mas, o que é na verdade educação positiva?

Não é um método de ensino escolar nem tanto uma apostila de como educar. No meu modo de ver, a educação positiva nada mais é do empatia, se colocar no lugar do filho e fazer com ele o que você gostaria que fizesse com você quando era criança.

Não consigo falar desse tipo de educação dos nossos filhos sem dar exemplos e fazer comparações com a educação permissiva, imposta e positiva.

Por exemplo, você manda seu filho guardar os brinquedos espalhados:

- Permissiva: "Se você não guardar, depois eu guardo.";

- Imposta: "Guarda tudo isso agora!";

- Positiva: "Vamos ver quanto tempo você demora para guardar tudo isso, valendo!".

No meu caso, quando eu era criança a primeira coisa que minha mãe falava era: "Guarda tudo isso agora" ou "Se você não guardar eu vou jogar tudo fora". Mas, na verdade eu gostaria que minha mãe tivesse me falado: "Vamos ver quanto tempo você demora para guardar tudo?", ou seja, tornando até mesmo a hora de guardar os brinquedos um momento mais divertido.

Então, toda vez que você tiver que educar seu filho, coloque-se no lugar dele, mas nunca deixe de ser a autoridade em sua casa. Saber conversar e não deixe de ser exemplo, isso é essencial.

Uma frase muito usada aqui na Casa da Titia com as crianças em momentos de conflitos é: "Eu entendo como você se sente, mas você não pode fazer..." ou "Vamos tentar de outro jeito...", sempre afirmando, nunca criando dúvida, sempre afirmando.

Com amor e carinho tudo é conquistado!



Fonte:

Carolina Lobato Boaventura

EDUCADORA

CASA DA TITIA (Jaú-SP)