O QUE PROCURAR NAS ESCOLAS E BERÇARIOS.

Atualizado: Ago 10


Escola, berçario, educação
Imagem ilustrativa.

A primeira vez que fui visitar um berçário voltei muito assustada querendo abandonar meu trabalho, virar dona de casa, nunca mais pensar em dinheiro, somente nos meus filhos. O fato de ter que deixá-lo em uma sala fechada com alguns brinquedos e ver tocando Xuxa o dia todo me apavorava! Ninguém merece ficar enclausurado!


Passado o susto, fui analisar vários berçários e algumas coisas me chamaram atenção, como a limpeza, o carinho das tias com as crianças, a idade das tias, os valores das escolas, o tipo de alimento oferecido e o principal: o tipo de ensino. Convencional, Waldorf, montessoriano, construtivista, recreativo, cognitivo... Meu Deus! São tantos tipos hoje em dia que é pra deixar qualquer mãe de primeira viagem doida de pedra (mais do que já somos, rs).


Tenha uma longa conversa com a dona da escola ou coordenadora, elas dizem muito o que esperar da escola e berçário. O banho de sol tem que fazer parte da rotina, o parquinho muito mais do que imaginamos e o brincar livre também deve ser prioridade. A rotina deve ser bem estabelecida e a felicidade do seu filho(a) também.


Não deixe de conhecer pessoalmente todas as escolhas que você tomou e peça contatos de mães que deixam os filhos lá para tirar referências, isso é muito importante! Essa não é uma tarefa muito fácil pois junto com eles deixamos nossos corações na escola e isso deve ser entendido pela escola também.


Se tem um bom conselho que eu possa te dar nesse momento é: ESCUTE O SEU SEXTO SENTIDO! Sim, toda mulher tem aquela voz interna que diz muita coisa! É esse o momento de escuta-lo. Pesquise todos os métodos e pense em qual infância você quer dar ao seu filho, se coloque no lugar dele e tenha empatia, a educação dos nossos filhos é um investimento com retorno garantido e no mundo de hoje não é o que escreve o nome mais rápido que vai ser o CEO de uma empresa e sim o que mais sabe se relacionar com as pessoas!

Faça a escolha de coração e deixe a emoção ter lugar. Saiba que a criança é feita para brincar e não ficar atrás de uma carteira, pois ele vai ter a vida inteira para ficar atrás de uma mesa com um computador. Pense com o coração!



Fonte:

Carolina Lobato Boaventura

CASA DA TITIA